Colesterol      

Controle dos Níveis de Colesterol


Colesterol é um tipo de gordura sintetizado no fígado, necessário ao funcionamento normal do organismo. O colesterol que temos em nosso sangue depende da quantidade fabricada pelo nosso próprio corpo e da quantidade de gordura saturada existente em alimentos de origem animal (carnes, leite e derivados, gema de ovo) ou de origem vegetal (óleo de coco, manteiga de cacau, óleo de amendoim) que comemos.

 
Por quê devemos nos preocupar?

Quando temos colesterol em excesso, ele pode depositar-se nas artérias até que elas fiquem entupidas, provocando um "ataque do coração". Se uma artéria que supre sangue para seu cérebro ficar entupida, podemos ter um "derrame".
O colesterol é transportado no sangue em diferentes tipos de pacotes de lipoproteínas. A fração do colesterol LDL (lipoproteína de baixa densidade) transporta o colesterol para o organismo, depositando-o nas artérias. A porção do colesterol HDL (lipoproteína de alta densidade), remove o colesterol da corrente sanguínea, evitando o seu depósito nas artérias.


Quais os níveis de colesterol?

Para saber se o nível de colesterol está normal ou não é necessário fazer um exame de sangue.
Caso o colesterol esteja acima do desejável, procure orientação médica.
Os níveis de HDL e LDL também são importantes. Se seu colesterol total é alto por causa da alta taxa de LDL (igual ou maior que 160 mg/dl), você tem maior risco quanto a doença cardíaca e derrame. O colesterol LDL menor que 130 é o ideal.
Se a taxa total é alta por causa do HDL alto (igual ou acima de 60), você provavelmente não tem seu risco de doença cardíaca aumentado. O colesterol HDL menor que 35 pode ocasionar uma situação de maior risco.


Quais os fatores que interferem nos níveis de Colesterol?

 

  • "Stress" - deve ser controlado, pois aumenta a freqüência cardíaca e a necessidade de oxigênio do coração, tendo um efeito prejudicial, podendo desencadear um infarto do miocárdio;
  • Hábito de fumar - o fumo diminui o calibre dos vasos sanguíneos e causa hipertensão;
  • Pressão alta - aumenta o risco de apresentar doenças do coração. A hipertensão se controla com diminuição de peso, controle de sal na dieta e aumento da atividade física;
  • Atividade física - reduz o risco de doenças do coração, pois eleva o colesterol HDL ("bom") e diminui o colesterol LDL ("ruim"). Além de proporcionar mais energia, ajuda no controle do "stress", melhora sua auto-imagem, auxilia na perda de peso e também ajuda seu coração e pulmões a trabalharem mais eficientemente.
    Qualquer atividade que faça você movimentar-se, pelo menos meia-hora por dia, é melhor que ficar parado!
  • Excesso de peso - pode estar acompanhado de hipertensão e aumento do colesterol.
  • Alimentação - ver tabela a seguir:

Alimentos Escolha Entre Reduza ou Evite
Carnes, Peixe e Aves Peixes
Aves sem pele
Cortes magros (cozidos, assados ou grelhados sem gordura)
Frutos do mar
Carnes gordurosas
Carne de porco
Carneiro, cabrito
Miúdos
Embutidos (salame, presunto, mortadela, linguíça, salsicha)
Frituras
Laticínios Leite desnatado
Iogurte desnatado
Queijo branco (fresco)
Ricota
Leite integral
Iogurte integral
Creme de leite, manteiga
Todos os queijos integrais, curtidos ou cremosos
Requeijão cremoso
Ovos 2 claras substituem 1 gema em receitas Gemas (até 2 por semana)
Gordura e Óleos Óleos vegetais insaturados: milho, oliva, girasol, soja, arroz, gergelim
Margarina
Banha de porco, bacon
Manteiga
Óleo de coco, dendê, óleo de amendoim, gorduras hidrogenadas
Molhos à base de ovos ou das gorduras acima
Doces Sorvete de frutas (sem creme)
Gelatina
Doces de frutas (compotas, marmelada, goiabada)
Sorvetes com leite
Doce de gema de ovo, coco, chocolate ou chantilly
Pães e Cereais Pães/massas caseiras, preparadas sem gemas e com óleos vegetais
Arroz
Leguminosas (feijão, lentilha, ervilhas secas)
Pães e cereais integrais (aveia, trigo, centeio)
Cereais tipo "cornflakes"
Produtos industrializados: tortas, bolos, biscoitos amanteigados, croissant, sonhos, massas com gema de ovo, molhos a base de creme de leite ou maionese
Frutas, Legumes e Verduras Todos com exceção de abacate e coco
Frescos, congelados, enlatados, liofilizados (secos)
Azeitonas em pequenas quantidades
Abacate e coco
Vegetais preparados com creme de leite, manteiga ou molhos


Autoras

  • Eloisa Aibara Ikemori
    Nutricionista. Diretora do Serviço de Nutrição Clínica do Hospital do Câncer - AC Camargo
  • Ana Paula Ragozzini F. Moreira
    Nutricionista da Unidade de Internação do Serviço de Nutrição Clínica do Hospital do Câncer - AC Camargo


Sites recomendados:

 Voltar


Contatos, comentários e sugestões:
WebMaster

Copyright ©2002, 2003 Fundação Antonio Prudente
Esta informação é oferecida com propósitos informativos e educacionais e não é fornecida como um serviço profissional ou como conselho médico para pacientes específicos. Em algumas páginas nós provemos links para outros sites de Internet para a conveniência dos nossos visitantes. Nossa Instituição não é responsável pela disponibilidade ou conteúdo destes sites externos, nem nosso Hospital endossa, autoriza ou garante os produtos, serviços, ou informação descritos ou oferecidos nestes outros sites de Internet. Referência a produtos específicos, processos, ou serviços não constituem ou insinuam recomendações ou endosso por parte do nosso Hospital.
As visões e opiniões dos autores de documento não necessariamente declaram ou refletem as da nossa Instituição.

   Segunda, 20 de Maio de 2002.
Atualização mais recente Segunda, 27 de Outubro de 2003.